terça-feira, 31 de março de 2009

O Sequestro do Carol - Por Felipe Assumpção

Comunicólogos da minha FAFICH,

Meu nome é Felipe Assumpção Soares e, pela segunda vez em dois meses, fui banido do Carol por sua atual editora, Lívia Aguiar. Ao contrário do que ela os faz acreditar, nas duas edições em que o “Esculhambador Geral da República” (que até onde sei ainda sou eu) não escreveu, a ausência da famigerada coluna foi motivado não por motivos de terrorismo, e sim por puro autoritarismo da editora. Agora que isso foi esclarecido, gostaria de contar do meu ponto de vista o sequestro do Carol.

O Sequestro do Carol:

Segunda-feira, dia 23 de março de 2009. Durante meu almoço fui informado que o Carol havia sido roubado. No mesmo dia, conversei com a editora no amado, adorado, afamado e impetuoso Hall do 3° andar e, então, fiquei sabendo que era verdade. O Carol tinha sido roubado. Na noite do mesmo dia, compareci à reunião da A.H.A.

(Caso não saiba o que é o A.H.A., você é uma pessoa completamente avulsa no curso, não conhece as pessoas mais engraçadas, idiotas, mongolóides e fantásticas do mundo. Assim, você tem três opções: ou você da uma olhada no canal deles do Youtube [http://www.youtube.com/user/aaufmg] ou no canal deles no Blip Tv [http://ahaufmg.blip.tv/#1885051]. Em última instância, por favor, retire-se do curso de comunicação social da UFMG. A ultima opção é até bastante tentadora quando se pensa que, por conseqüência, você deixaria de ser um comunicólogo fudido na vida).

Quando cheguei ao local da reunião um dos membros não estava presente (Herman). Logo, os outros dois, intrigados pelo seqüestro da Carol, resolveram roubar a autoria do crime. Como? Isso é fácil, assumindo a responsabilidade. (Mas, porque alguém em sã consciência assumiria a culpa de algo que não fez? Bem, muitas coisas são feitas por falta do que fazer, muitas coisas são feitas para instigar e expandir o imaginário humano, muitas coisas são feitas com o objetivo de conquistar risadas [Existe algo mais nobre do que isso?]. E tem pessoas que simplesmente são mongolóides.)

Então, foi feito o primeiro vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=9ZP32akmTJE.
O feed back foi tão grande que os sequestradores do sequestro resolveram fazer mais um video: http://www.youtube.com/watch?v=g3p6TfgIXlU.

Isso é tudo que este humilde personagem sabe acerca dos acontecimentos. O que realmente me incomoda nisso tudo e que me atrapalha a dormir aconchegado com meu travesseiro, não é que ninguém acredita em mim, isso eu realmente não me importo. É que não consegui um novo relógio do Homem Aranha (Que funcione é claro!). Fazer o que, néh?

Um abraço um beijo e um pedaço de queijo....
Sunça.

Um comentário:

lívia disse...

o calouro patrimônio Hélio disse que arrumou um relógio do Homem Aranha em funcionamento... acho que vale à pena procurá-lo!